Tag Archives: love

TAG: O que eu levo na bolsa?

6 jun

Oi meninas, tudo bom?

Muita gente tem respondido a Tag  “O que eu levo na bolsa?” e me pediram pra responder, então lá vamos nós, mostrar a minha pequena grande bagunça (risos)!

Essa é a bolsa que eu uso ultimamente:

DSC06982 modified DSC06983 modified

Agora vou mostrar detalhadamente o que levo:

DSC06985 modified

Meu tablet (com a minha foto e a do meu namorado haha), minha câmera de bolso e meu celular (velhinho coitado!).

DSC06986 modified

Aqui é minha necessaire e o que fica dentro dela, meu creme de bolsa, meus 2 batons preferidos, um lápis de olho, pó Mary Kay, Máscara de cílios maybelline, base Pure MakeUp Maybelline , escova de cabelo, pincel e curvador de cílios!

DSC06987 modified

Aqui é minha carteira nela eu levo cartões, meu passe escolar, algumas fotos, meu dólar da sorte, e o dinheiro está faltando no momento haha!

DSC06988 modified

Aqui é onde guardo meu óculos de sol preferido, amo ele e a caixinha fofa de oncinha!

DSC06989 modified

E aqui é a minha agenda de coisas do blog, minha chave do armário da escola, uma “chuquinha” de cabelo e uma caneta!

Bom meninas por hoje é isso, espero que tenham gostado da tag e caso queiram que eu responda alguma é só pedir nos comentários!!!

Me sigam no twitter @jhenandes e me sigam no instagram @jhessifernandes

Beijos!!!

O que seria de mim sem ele?

29 abr

tumblr_lm36qjYtj61qgtqr5o1_500_large

Pra começar: Sou muito do tipo feminista, não concordo com a afirmação do meu próprio título, pois acho que a minha razão vai contra qualquer pessoa depender de outra que não seja ela mesma. Mas meu coração nunca se deu muito bem com essa minha razão. E juro que é tudo culpa “dele“.

Acordo e imagino ele ao meu lado todos os dias, me imagino em uma casa pequena e confortável, onde só nos restaria amor e café, sou louca por café.

Ele repara em todos detalhes que nem eu me dei conta sobre mim, o jeito que jogo o cabelo para o lado, o jeito que pisco os olhos, quando eles estão mais claros ou mais escuros, meus sotaques e minhas gírias. Meu sorriso, ele ama meu sorriso. Embora eu odeie, e fique envergonhada com ele olhando… Mas é engraçado quando eu falo “dele“, eu pareço uma boba, perceberam? Mas tente falar de quem você admira e quer bem sem se parecer, é impossível não é? Minha idade mental baixa aos 5,  e minha idade espiritual vai aos 200, porque a experiência que conquistei ao lado dele é incrível, com ele aprendi que nem todos os homens são iguais, que as pessoas não mudam e sim mostram quem realmente são, que nem sempre quem eu amo vai me amar e merecer meu amor. E que nem sempre o que eu quero vai acontecer, se eu não correr atrás com todas as minhas forças.

Então pra terminar esse meu pensamento, “eu” sem “ele“, seria nada, pois sem “ele” não existe o “eu“.

%d blogueiros gostam disto: